| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal Portal da Comunidade Árabe
Desde: 18/06/2014      Publicadas: 133      Atualização: 05/09/2017

Capa |  Arabia Saudita  |  Brasil e Mundo Árabe  |  Culinária  |  Cultura e Musica  |  Líbano  |  Marrocos  |  Oriente Médio e Golfo  |  Portal Árabe - Saúde


 Cultura e Musica

  07/07/2014
  0 comentário(s)


Benjamin Abraão Botto " O Sirio " Libanês que fotografou Lampião

Natural da região do Zahle , o sírio-libanês Benjamin Abraão Botto chegou ao Brasil no ano de 1914, fugindo da convocação compulsória para lutar na Primeira Guerra Mundial, determinada pelo império inglês que dominava a região na época.

Benjamin Abraão Botto
Natural da região do Zahle , o sírio-libanês Benjamin Abraão Botto chegou ao Brasil no ano de 1914, fugindo da convocação compulsória para lutar na Primeira Guerra Mundial, determinada pelo império inglês que dominava a região na época.
Botto rumou para o Ceará, na companhia de outros conterrâneos que alimentavam o mesmo objetivo. Na terra de Iracema, manteve contatos no Juazeiro do Norte com o célebre padre Cícero Romão Batista, tornando-se secretário particular do polêmico sacerdote católico.

Interessado em cinema e fotografia, Botto foi o responsável pelas únicas imagens cinematográficas existentes de um dos protagonistas do "milagre da hóstia". Em Juazeiro do Norte, no mês de março de 1926, assistiu à chegada do grupo de cangaceiros chefiado por Lampião, o qual atendia convocação do caudilho Floro Bartolomeu da Costa, cujo objetivo era implementar a participação dos bandoleiros das caatingas no combate à Coluna Prestes, compondo os ´Batalhões Patrióticos´ formados no governo Arthur Bernardes.

Com a morte do padre Cícero Romão Batista, no ano de 1934, Benjamin Abraão Botto começou a elaborar ousado projeto que objetivava captar imagens fotográficas e cinematográficas do bando comandado por Lampião, cuja atuação havia se concentrado, desde 1928, entre os estados da Bahia, de Sergipe e de Alagoas.

No ano de 1936, amadurecido o projeto de ir ao encontro de Lampião e seu bando nas caatingas baianas, com o apoio da AbaFilm, empresa localizada na capital cearense, Benjamin Abraão Botto inicia sua peregrinação, intuindo realizar o que até então era inimaginável, quer seja, fotografar e, principalmente, filmar o ´modus vivendi´ dos cangaceiros do bando de Lampião.

Orgulhoso e pouco enfático quanto à reflexão referente à relação entre causas e efeitos fomentados por gestos e ações que suscitam profundas e concentradas análises, como no caso do ataque tresloucado a Mossoró, Lampião não demorou a demostrar interesse em contribuir com o projeto de Benjamin Abraão. O cangaceiro conhecia o cinema, pois tinha assistido vários filmes na companhia do bando, encantando-se com as imagens em movimento da Sétima Arte.

Durante mais de um semestre Benjamin Abraão conviveu com os cangaceiros, fotografando-lhes e filmando com entusiasmo a movimentação e o dia-a-dia do grupo bandoleiro.

Coiteiros, homens de importância social no sertão, políticos de projeção, foram presos. Botto teve pouco tempo de vida, sendo assassinado no lugar Pau Ferro, atual Itaiba, pertencente à comarca de Águas Belas(PE), no ano de 1937, antes de Lampião e dez companheiros de cangaço perecerem na grota de angicos, município de Poço redondo (SE).

José Romero Araújo Cardoso. Geógrafo. Professor-adjunto do Departamento de Geografia da UERN, Campus Central, Mossoró/RN.


O próprio Lampião assegurou o testemunho, em um bilhete, de que todas as suas imagens eram produto do trabalho de Abrahão.
Nota: foi mantida a grafia utilizada, considerando-se o que Lampião era semi-alfabetizado, tal como se acha transcrita.
Illmo Sr. Bejamim Abrahão
Saudações
Venho lhi afirmar que foi a primeira peçoa que conceguiu filmar eu com todos os meus peçoal cangaceiros, filmando assim todos us muvimento da noça vida nas catingas dus sertões nordestinos.
Outra peçoa não conciguiu nem conciguirá nem mesmo eu consintirei mais.
Sem mais do amigo
Capm Virgulino Ferreira da Silva
  Autor:   PORTAL DA COMUNIDADE ÁRABE


  Mais notícias da seção Notícia e Cultura no caderno Cultura e Musica
23/04/2017 - Notícia e Cultura - XIº CONCURSO POESIARTE DE POESIA - Tema: "CIDADE INVISÍVEL: MORADORES DE RUA".
O Jornal Portal da Comunidade Árabe apoia as manifestações culturais do Brasil e Comunidade Árabe . Sendo signatário do pacto Global da ONU nosso trabalho é dar espaço para variadas comunidades e culturas . O projeto Poesiarte é um parceiro de longa data da comunidade Árabe , desta forma estamos apoiando o XIº concurso , segue o regulamento. Parti...
22/06/2014 - Notícia e Cultura - Zizi Adel
Zizi Adel é uma cantora egípcia, ela nasceu no dia 26 de outubro de 1987. ...
21/06/2014 - Notícia e Cultura - Do futebol uma esperança de paz -"Zaytoun"
O filme "Zaytoun", aborda o conflito entre israelenses e palestinos sob a ótica do futebol....



Capa |  Arabia Saudita  |  Brasil e Mundo Árabe  |  Culinária  |  Cultura e Musica  |  Líbano  |  Marrocos  |  Oriente Médio e Golfo  |  Portal Árabe - Saúde
Busca em

  
133 Notícias